31.5.13

Os dias mais longos de Junho


recorte de imprensa

Amina Sboui, uma activista tunisina do grupo ucraniano Femen, foi condenada pela sua acção numa campanha a favor dos direitos das mulheres. Toda a notícia aqui.

27.5.13

Nações irmãs


Desde 1999 que a revista Faces de Eva tem publicação semestral, editada pela Universidade Nova de Lisboa e edições Colibri, e dirigida por Zília Osório de Castro. Na próxima quinta-feira, dia 30 de Maio é lançado mais um número, com capa dedicada à escritora brasileira Cecília Meireles (1901-1064). O professor convidado Abel Barros Baptista especializado em literatura brasileira apresentar-nos-á esta autora, poeta, jornalista e professora. A não perder: 18h30, Embaixada do Brasil (Estrada das Laranjeiras, 144 - a Sete Rios, Lisboa).


Firme na sela do ginete arfante,
Da coorte na vanguarda, ei-la às hostis
Trincheiras que galopa, delirante,
Fronte serena e coração feliz.
Sob os anéis metálicos do guante,
Os dedos adivinham-se viris,
Que sustêm o estandarte palpitante,
Onde esplende a dourada flor-de-lis.
Rica de sonhos, crença e mocidade,
A donzela de Orléans, no seu tresvário,
De mística, na indômita carreira
Sorri. Nenhum tremor a alma lhe invade!
E, entanto, o olhar audaz e visionário
Já tem clarões sinistros de fogueira!...

Cecília Meireles, Joana D'Arc

amanhã


feminismo e paternidade


10.5.13

Rebeca nas Galveias



Rebeca Amorim Csalog é harpista, escritora e uma estudante de filosofia em potência. Tem já uma solidez de escrita e de personalidade que é raro encontrar aos 17 anos. Esta adolescente  escreveu uma história de aventuras fabulosa que começou aos 13 anos. É mágica, a história: Glyrmandia será apresentado em Lisboa a 10 de Maio, na Biblioteca Galveias, pelo compositor Eurico Carrapatoso e no lançamento haverá, naturalmente, música.

Entretanto,  nesta biblioteca, a 30 de Maio, das 14H00 às 16H30, irá realizar-se uma oficina de toponímia ESCRITORAS NAS RUAS DE LISBOA - com os seguintes conteúdos:
Processo de atribuição de nomes a ruas de Lisboa 
Escritoras na Toponímia de Lisboa
Fontes de informação na web sobre toponímia de Lisboa
Mapas da Google: pesquisa e construção de percursos
A entrada é gratuita, mediante inscrição prévia: 21 780 30 20; bib.galveias@cm-lisboa.pt
  

4.5.13

anabela



A prática artística desenvolvida no projecto de Anabela Becho Demasiada Luz Fere - Entre o Sangue e o Fogo centra-se na pintura – na essência e no próprio processo de fazer da pintura. Trata-se de uma investigação pictórica que parte da natureza dos vulcões, mais concretamente da lava incandescente, e pretende fazer uma analogia com o acto criativo – com o acto de pintar, com o nascimento de uma pintura – e também com a anatomia feminina. É composto por 21 pinturas sobre papel Fabriano de 350gr, técnica mista, com as dimensões de 70 x 100 cm. A exposição estará patente em Lisboa, na cisterna da FBAUL, de 7 a 10 de Maio das 15:00 às 19 horas.

tertúlia