27.12.13

In Memoriam

Maria Antónia Ascensão. Grata por te ter conhecido, conversado nos intervalos dos desfiles, visitado no Público, tomado cafézinhos, sempre de fugida, por causa de mim, sempre a correr. De facto, não vale a pena correr... de tudo o que estou a ler no teu mural do facebook fica-me aquele sentimento de perda que se acentua, mas também aquilo que toda a gente guarda de ti, e que era, para além da alegria e do amor que partilhavas connosco, o largo sorriso com que nos brindavas. Chamavam-te Mitó. Para mim eras/és a Maria Antónia. Descansa em paz. Os meus sentimentos para os teus familiares e amigos/as. O video que escolheste para deixar na grande rede no dia de natal diz muito sobre ti, minha amiga.  

cristina.duarte

26.12.13

Encontro feminista ibérico


Coimbra, 17, 18 e 19 de Janeiro


Objectivos
1. Aprofundar uma leitura feminista da crise, da armadilha e chantagem da dívida e das políticas austeritárias.
2. Discutir, a partir dos feminismos, respostas políticas e estratégias de resistência nos vários campos das nossas vidas.
3. Criar um espaço feminista ibérico de encontro, de reencontros, de capacitação, de solidariedade e de convívio.

PROGRAMA PROVISÓRIO

Dia 17 (sexta-feira),
17h – Mesa redonda sobre crises económicas, austeridade e as desigualdades de género
à noite - Iniciativa cultural (a definir)

Dia 18 (sábado)
9h30 - Registo e distribuição de documentação
10h - Plenário de abertura
Boas vindas, apresentação dos objectivos e do processo. Algumas questões de partida. Proposta de 5 eixos temáticos de discussão: 1) educação, cidadania e cultura; 2) saúde e direitos sexuais e reprodutivos; 3) autonomia económica e trabalho; 4) vida sustentável, habitação, soberania alimentar, transportes e ecologia; 5)violência(s) de género. Discussão. Quebra-gelo.
11h – Pausa para café
11h15 – Debate em grupos de trabalho temáticos: contexto passado e actual em Portugal e no Estado Espanhol. Avaliação da situação actual das mulheres, a nível ibérico, em contexto de austeridade.
12h45 - Plenário: Apresentação das conclusões dos grupos e debate sobre a avaliação global da situação actual das mulheres a nível ibérico. Introdução à segunda fase do debate: as alternativas.
13h30 - Almoço
15h/17h - oficinas simultâneas (propostas previamente pelas participantes, até 10 de janeiro)
17h – pausa para lanche.
17h30/19h30 - Plenário: perspectivas de longo prazo e utopias feministas. Questão de partida: quais os cenários prováveis de evolução da situação das mulheres em contexto de austeridade? Quais os cenários alternativos possíveis? Debate.
20h30 – jantar
Iniciativa cultural

Dia 19 (domingo)
10h – Plenário: Resumo dos debates (distribuição de doc. em papel?) do dia anterior e introdução à 3ª fase do debate sobre opções de mudança: constrangimentos e oportunidades; futuros possíveis.
10h30 – Debate, em grupos de trabalho, das opções de mudança.
11h45 – Pausa para café
12h - Apresentação das conclusões dos grupos de trabalho. Definição de acções chave, tarefas estratégicas, definição de formas de coordenação.
13h30 – Almoço convívio

21.12.13

Josefa


Menino Jesus Salvador do Mundo, Josefa de Ayala. Assinada Josepha em Óbidos, 1673. A pintora nasceu em 1630, em Sevilha, e morreu em Óbidos em 1684. In Vitor Serrão, «Josefa d'Óbidos, A Escola de Óbidos e os Novos 'Géneros' da Pintura», Raquel Henriques da Silva e Sandra Leandro (coords), Mulheres pintoras em Portugal - De Josefa d'Óbidos a Paula Rego, Esfera do Caos, Lisboa, 2013.

15.12.13

Hoje!


na foto acima: «a persistência da memória», pintura de 1931 de Salvador Dali (1904-1989); na foto em baixo, Harold Lloyd no filme «Safety last» (1923).


14.12.13

In memoriam Duarte Nuno


                                                                           Primos.
                            À esquerda, Cristina (n.Lisboa 1961) à direita, Nuno (Lisboa, 1960-1993).

6.12.13

liberdade era o seu nome do meio





                                  Nelson Mandela (1918-2013)