30.4.14

Maio na universidade feminista


Agora

Parabéns à historiadora Irene Pimentel que daqui a pouco, às 19h no FNAC do C.C.Colombo, lançará o livro História de Oposição à Ditadura 1926-1974 editado pela Livraria Figueirinhas.

Maio de 68


Professor emérito da Université d’Angers (Histoire des Mondes contemporains)

Para além de todo o espírito de comemoração (a celebração da memória e do passado, diz-nos Hegel, é o oposto da História, sendo esta, esperança e promessa do mundo por vir), é possível, se recuarmos 40 anos, voltar serenamente ao conjunto dos acontecimentos quase semelhantes e concomitantes que abalaram o mundo em 1968. Após haver recordado que se trata de um movimento internacional, mas onde o caso francês é específico, será possível reflectir sobre a interpretação e as consequências deste fenómenos. 

Publicações:

Ces peines obscures. La prison pénale en France (1780-1875), Paris, Fayard, 1990, 750 p. (Prix de la recherche, Assemblée Nationale, 1990) ; L’état des prisons, des hôpitaux et des maisons de force en Europe au XVIIIe s., par John Howard (nouvelle traduction de l’Anglais, introduction historique et notes, en collaboration avec Christian Carlier), Paris, Éditions de l’Atelier, 1994, 599 p ; Histoire de la Justice de la Révolution à nos jours, (en coll. avec F. Chauvaud et J.J. Yvorel), Rennes, Presses Universitaires de Rennes, 2007, 248 p.


26.4.14

Nascido a 25 de Abril



Combatente na Primeira Guerra Mundial: José Duarte (1895-1979).

The day after


25.4.14

a revolução dos cravos (IV)


Viva o 25 de Abril 


Cartaz exposto na FCSH/UNL


23.4.14

a revolução dos cravos (III)



Mulheres do meu país

Deu-nos Abril
o gesto e a palavra

fala de nós
por dentro da raiz

Mulheres
quebrámos as grandes barricadas
dizendo: igualdade
a quem ouvir nos quis

E assim continuamos
de mãos dadas

O povo somos:
mulheres do meu país

Maria Teresa Horta, "Mulheres de Abril"

Dia mundial do livro


22.4.14

Hoje


a revolução dos cravos (II)



Bibliografia
25 de abril, coordenação de Afonso Praça, Albertino Antunes, António Amorim, Cesário Borga e Fernando Cascais, Casaviva Editora,  Lisboa, 1974

Discografia
As 25 horas do 25 de Abril, Vol.I, vários, s/d

20.4.14

Leituras de Páscoa ;)


«Última Ceia» por Júlia Côta.


2.4.14

In memoriam Jacques Le Goff



Jacques Le Goff (1924-2014). O 'retrato' do historiador que escreveu O nascimento do Purgatório (ed.original:1981; tradução portuguesa de Maria Fernanda Gonçalves de Azevedo, 1993) está nas páginas do Libération, numa reedição do artigo que ali foi publicado em 2003, ano de: L'Europe est-elle née au Moyen Age ? (Seuil), Une histoire du corps au Moyen Age (Liana Lévi), tradução portuguesa de Telma Costa (2005), e le Dieu du Moyen Age (Bayard).