22.8.14

Marilyn



                                            Monroe, por De Diennes.

eu gov (erno)


20.8.14

Centenário 1914-2014 (II)

Anne Cova (História e História Comparada das Mulheres) escreve hoje no jornal Público.




Regresso aos estudos

No ano em que se assinala os 100 anos da criação do Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas, Faces de Eva/CESNOVA promovem as Jornadas Internacionais "Falar de Mulheres - 10 anos depois", nos dias 20 e 21 de Outubro, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.




Ficha de Inscrição

Nome| _________________________________________________________________________

Atividade Profissional| ___________________________________________________________

Organização/Entidade |___________________________________________________________

E-mail |____________________________  Contacto telefónico|___________________________

Inscrição|Dia 20 
                 Dia 21


Informações e Inscrições:jornadas.intern.faceseva@gmail.com

Data limite de inscrição: 17 de Outubro

Nº limitado de inscrições às vagas existentes
  



Jornadas Internacionais Falar de Mulheres – 10 anos depois
Programa

Dia 20
9:30 I Secretariado
10:00 I Sessão de Abertura

• Palavras de boas-vindas Luís Baptista (Diretor CESNOVA)
• Falar de mulheres: sentidos e oportunidade   Isabel Henriques
de Jesus (Faces de Eva/CESNOVA)
• Síntese das anteriores jornadas Zília Osório de Castro (Faces
de Eva/CESNOVA)
• Políticas do género e da subjectividade na vida musical: vigiar
e punir Paula Gomes Ribeiro (CESEM/NEGEM)

11:00 Painel “Nos 100 anos da criação do Conselho
Nacional das Mulheres Portuguesas”

• Comemorações dos 100 anos do CNMP (1914-2014): o
estudo de caso português numa perspectiva comparada Anne
Cova (Historiadora/ICS UL)
•  "Os 33 anos do Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas (1914-1947): da República ao Antifascismo". João Esteves (Historiador/IUL ISCTE)
• "Adelaide Cabete nas suas próprias palavras" Paulo Guinote (Historiador/FPCE UL)
12:30  Debate com moderação de Natividade Monteiro


14:30 I Mesa Redonda “Género e Política”

• Género e Política: avanços, contradições e desafios Teresa
Anjinho (CEDIS FD UNL/deputada CDS-PP)
• Género e tomada de decisão na esfera política Manuel
Lisboa (Sociólogo/CESNOVA)
• La situación de las mujeres en la política española de
nuestros días I Maria de la Paz Ballesteros
(Historiadora/Universidade de Salamanca)
15:30 Debate com moderação de Zília Osório de Castro
16:00 Mesa Redonda “Género e Música”
• O silenciamento das práticas musicais femininas na corte
portuguesa, nas narrativas históricas e culturais I Manuela
Morilleau de Oliveira (CESEM/NEGEM)
• A visão de Francine Benoît sobre a cultura musical em
Portugal na primeira metade do século XX I Mariana Calado
(CESEM/NEGEM)
• O género na produção da diferença: sobre a crítica musical
na democracia em Portugal João Romão (CESEM/NEGEM)
• Inquirir os discursos da sexualidade feminina nos parâmetros
atuais de micro-celebridade Minerva Martins
(CESEM/NEGEM)

17:30 Debate com moderação de Paula Gomes Ribeiro

18:00 Encerramento do 1º dia

Dia 21
10:00 Mesa Redonda “Género e Psicanálise”

• Género, Psicanálise e o Paradigma Relacional Frederico
Pereira (Psicanalista)
• Psicanálise, Linguagem e Performatividade de Género António
Fernando Cascais (FCSH UNL)
• O fenómeno da Violência Familiar na dinâmica das relações
Patrícia Atalaya (Psicóloga Clínica)

11:00 Debate com moderação de Daniel Matias

11:30 Mesa Redonda “Género e Estudos Pós-coloniais”

• Mulheres em contextos subsarianos: um olhar sobre os seus
mundos e as suas circunstâncias Sónia Frias (Antropóloga/ISCSP
UTL)
• Rebeldia e insubmissão: o feminismo e o movimento de
mulheres no Brasil contemporâneo Cláudia Maia
(Historiadora/Universidade de Brasília)
• Mulheres árabes e os desafios do presente Eva-Maria von
Kemnitz (Historiadora/IEO UCP)
• Me llamo mujer indígena y así me nació la conciencia Izaskun
Álvarez Cuartero (Historiadora/Universidade de Deusto, Bilbau)

12:30 Debate com moderação de Ana Mota

14:30 Mesa Redonda “Género, Pacifismo e I Guerra
Mundial”

• Nacionalismo, Internacionalismo e Pacifismo - as vozes das
mulheres (1ª metade do séc. XX) Manuela Tavares Ribeiro
(Historiadora/Universidade de Coimbra)
• PAZ - Diferentes percursos da Associação Portuguesa Feminina
para a Paz Lúcia Serralheiro (CEMRI/Universidade Aberta)
• A guerra no feminino - linhas que se cruzam numa frente
conturbada Maria Lúcia de Brito Moura
(Historiadora/Universidade de Coimbra)
• Devolvam os nossos maridos - a luta das mulheres portuguesas
pela libertação dos prisioneiros de guerra Fátima Mariano
(Jornalista e Historiadora/FCSH UNL)

15:30 Debate com moderação de Natividade Monteiro

16:00 Mesa Redonda “Género e Moda”

• Cabelos à Joãozinho e melindrosas: uma nova imagem das
mulheres nos anos 1920 Irene Vaquinhas
(Historiadora/Universidade de Coimbra)
• A moda no tempo de Carolina Beatriz Ângelo Sara Valério
(Designer de Moda, pela ESART/IPCB)
• O comportamento do(a) consumidor(a) face ao consumo da
Moda em massa e/ou segmento de luxo Sandra Martins
(Designer de Moda, pela FA/UTL)

17:00 Debate com moderação de Cristina L. Duarte

17.8.14

Centenário 1914-2014




José Duarte  (1895-1979) nascido em Portugal, presente na Flandres, na Primeira Guerra

12.8.14

In memoriam






                                              RIP Dóris Graça Dias (1963-2014)


                                               RIP Lauren Bacall (1924-2014)

10.8.14

teatro no mosteiro


Mosteiro da Batalha | 14, 15, 16 e 17 de Agosto, às 19h30 | Bilheteira: €10 



A partir de Antonio Patricio e de Alexandre Herculano​

Com: Ana Bustorff, Ciro Cesarano, Fabio Gorgolini, Fernando Luís, Inês Nogueira, João Bandeira, João Craveiro, Margarida Gonçalves, Paulo Duarte Ribeiro 

Leirena Teatro: Hugo Inácio | Rita Soares | Frédéric da Cruz Pires | Sofia Neves | Bárbara Soares

onde está ursotigre?

o Ursotigre vai receber o winterrr 2014/15 com uma zuper "Animal party". Os gorros cabeça de animal vão ser as personagens principais para crescidos e menos crescidos...

finalmente, ao chegarem-lhe os mil pedidos de mamãs e amigos, o
 Ursotigre inicia a linha para crianças...

desde o inicio da 'estória Ursotigreestávamos à espera da nova morada 'internética'... agora com assinatura do estudio de design Thisislove.