Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2009

parabéns cat!

Dedicado a ti, aqui na cidade, eis versão acústica de Cat Power: o «sea of love» que mereces Catarina!

Feminista, o Manifesto que faltava

Imagem

Acção!

Imagem

O manifesto feminista

A apresentação pública do Manifesto Feminista 2009 será feita em Lisboa, na Fundação Calouste Gulbenkian, dia 14 Setembro, pelas 11h00.
87 medidas
… um Manifesto Feminista
…. para uma sociedade mais igualitária!

Num momento tão importante como o das eleições – legislativas e autárquicas, a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta realizou audições públicas em várias regiões do país junto de diversos sectores de mulheres, de associações, de movimentos sociais, de jovens, para procurar ouvir as vozes de quem tem algo a dizer, a reivindicar, a integrar numa agenda feminista que se pretende ampla e em permanente re/elaboração.

Destas audições surgiu o Manifesto Feminista 2009 que pretende confrontar os partidos políticos que concorrem às eleições – legislativas e autárquicas - de 2009 com um conjunto de questões que integram a agenda política feminista para os próximos tempos, em temáticas como o tráfico de mulheres; violência de género e conjugal; condições sociais para a paridade; di…

Susana 'X'

Imagem
A MARZ Galeria (Rua Reinaldo Ferreira 20-A, Lisboa) apresenta, no próximo dia 11 de Setembro , sexta-feira -- ‘X’ -- uma exposição individual de Susana Mendes Silva. A artista vive e trabalha entre Londres e Lisboa. Estudou Escultura na FBAUL e está a frequentar o programa de doutoramento em Artes Visuais (Studio Based Research) no Goldsmiths College, Londres, sendo bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. Susana Mendes Silva (n. Lisboa, 1972) tem vindo a criar, desde os anos 90, um corpo de trabalho diversificado, empregando media tão diferentes como os da fotografia, vídeo, instalação, desenho e, mais recentemente, performance, construindo um corpo de trabalho fragmentado e anti-linear, que exala ironia e subtileza, equilibrando-se na fina linha entre indiferença e invisibilidade, intimidade e agressão.
Simplesmente intitulada ‘X’, esta exposição toma o escritor de ficção, jornalista e realizador português, Reinaldo Ferreira, cujo nome figura na rua da galeria, como o foco de atençã…