No Sul

Pelo azul da pedra vê-se que é verão,
à beira do tanque os aloendros devem estar em flor,
as águas reflectem o silêncio.

«Sul», Escrita da Terra, Eugénio de Andrade, Colecção Obra de Eugénio de Andrade/17, Limiar, 5ªedição, Porto, 1983.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

PROTESTO!