Um lugar (no coração) chamado Lamas (I)

 



Maria Lamas (1893-1983), jornalista, escritora, pacifista e feminista, nasceu neste dia 6 de Março, em Torres Novas. Percorreu Portugal de lés a lés, e fez, a solo, um trabalho chamado «Mulheres do meu país», onde descreveu as condições de vida das portuguesas. Um tratado que dedica a todas nós. Editado em 1948 (e antes da saída em França em 1949 de «O segundo sexo», da filósofa e feminista Simone de Beauvoir), As Mulheres do meu País foi publicado primeiro em fascículos, depois em livro: uma obra preciosa a vários níveis, entre os quais fazer parte da história das mulheres em Portugal, muito antes da segunda vaga dos feminismos, que só foi mais sentida depois de 1974.

Fotos: 1.composição com capa de revista moda e borados. 2.Maria Lamas. 3. As Mulheres do meu País», página 47, sobre as mulheres do Barroso/Trás os Montes. 




Comentários

Mensagens populares deste blogue

PROTESTO!