moda & arte (II)



Começa hoje a edição de estreia de Estoril Fashion Art Festival, que convida a ver filmes, desfiles, exposições e música, de que se destaca o concerto mais logo às 19h30, de Rodrigo Leão & Cinema Ensemble, com María Berasarte, no Museu dos Condes Castro Guimarães, Av.Rei Humberto II de Itália, em Cascais. A exposição que ali nos espera é nada mais nada menos do que «Paco Rabanne - Designer and Rebel», uma retrospectiva de 16 peças essenciais para compreender a carreira e a personalidade deste criador nascido em 1934, no País Basco espanhol, e que se refugiou em França com a mãe e as irmãs depois do pai, um militar republicano, ter sido fuzilado pelas tropas de Franco. Apanhado entre duas culturas e sob a forte influência da sua mãe, costureira-chefe de Balenciaga, Paco Rabanne inicia, ainda estudante de Arquitectura nas Belas Artes de Paris (1951-63), trabalhos de criação de acessórios para as principais casas de moda de Paris. A arquitectura esteve sempre presente nas suas criações, visível na sua forma de trabalhar o espaço, os volumes e os materiais.

Comentários