Adeus, meu querido mês de Agosto

«Coração! Havemos de o esquecer!
Esta noite - eu e tu!
Tu esquecerás o calor que ele deu -
Eu esquecerei a luz!

Quando acabares, diz-me, por favor,
Para que eu possa logo começar!
Depressa! não vás tu demorar-te
E eu o vá recordar!»

Duzentos Poemas, Emily Dickinson, Tradução, Posfácio e Organização de Ana Luísa Amaral (Lisboa: Relógio d'Água, 2014), 113

Comentários