Querido mês de Agosto (II)





«Um homem e uma mulher que tinham olhos
e coração e fome de ternura
e souberam entender-se sem palavras inúteis
Apenas o silêncio A descoberta A estranheza
de um sorriso natural e inesperado».

Daniel Filipe, «A invenção do Amor e outros poemas», Lisboa, Presença, 197.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

PROTESTO!